quarta-feira, 3 de outubro de 2012

La Traversee



E quem teme encarar o tempo de travessia, não sabe transformar dor em poesia.
Porque Tudo em nós anda, se transforma, se transmuta, se metamorfoseia.
Casulo também é casa, é abrigo, é espera, é tempo que brinca de acalmar os sonhos.
Casulo também tem asa. E a borboLETRA só atravessa o jardim, depois que já voou por dentro e se doeu por inteira para renascer.

Nenhum comentário: