quarta-feira, 22 de setembro de 2010

..há impossibilidade de ser além do que se é - no entanto eu me ultrapasso mesmo sem o delírio,sou mais do que eu, quase normalmente - tenho um corpo e tudo que eu fizer é continuaçãode meu começo......a única verdade é que vivo.Sinceramente, eu vivo.Quem sou? Bem, isso já é demais..."Clarice Lispector


 ‎"Quando te vi amei-te já muito antes:Tornei a achar-te quando te encontrei. Nasci para ti antes de haver o mundo.Não há coisa feliz ou hora alegre que eu tenha tido pela vida afora, que o não fosse porque te previa... "Fernando Pessoa


Um comentário:

Betovani disse...

As estrelas fazem barulho....e como fazem! Imagine as reações nucleares que elas realizam a cada segundo para espalhar a centelha da vida pelo vasto universo. Imagine o estrondo!!! A barreira do som que essas reações encontram é a ausência de ar. O som precisa de ar para se propagar. Basta que ofertemos o ar de nossos beijos. Aí sim, a radiação virá acompanhada de imenso estrondo. Presenciaremos então, o maior espetáculo de fogos de artifício jamais visto. Um show estelar...cósmico...infinito!!!